Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - Inayat Bunglawala



:. 'A turbulência dos últimos 10 anos ressalta a necessidade de sermos vigilantes sobre o poder exercido pelos nossos governos' - Inayat Bunglawala .:



Os ataques se 11 de setembro representaram uma tentativa da al-Qaeda  para incitar os Estados Unidos para uma guerra aberta. Tudo perfeito para convencer jovens muçulmanos em todo o mundo que a América estava realmente em guerra com o Islão e, que devem atender ao chamado da Al-Qaeda e estar disponíveis para a defesa de sua fé.

Osama bin Laden deve ter ficado entusiasmado com as guerras lançadas contra o Afeganistão e o Iraque, e com as oportunidades isso representava para ele e seus seguidores. Ele e os seus seguidores podem agora desmascarar como os maiores defensores do mundo de liberdade, da dignidade e dos direitos humanos se comportam realmente em relação aos muçulmanos em Guantánamo, ao uso abundante da técnica de tortura waterboarding, e à tortura praticada de forma rotineira em Abu Ghraib e em outros lugares.
O que a turbulência dos últimos 10 anos têm servido é para enfatizar a necessidade de sermos vigilantes sobre o poder exercido pelos nossos governos, e que devemos trabalhar para garantir que os direitos humanos de todas as pessoas - muçulmanos ou não - estão devidamente salvaguardados.

VER:   Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - por Simon Jenkins 
           Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - por Jonathan Powell 
           Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - PJ Crowley 
           Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - Orzala Ashraf Nemat
             


Autor: Excerto de um artigo publicado no jornal: gurdian
Data: 2011-09-09


Contato: mail@artigosenoticias.com   |   SAPO MAIL   |   HOTMAIL  |   GMAIL