Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - PJ Crowley



:. 'Construir um sistema global imunológico para lutar contra esta doença vai demorar mais de uma década' - PJ Crowley .:



A boa notícia 10 anos após o 11/09 é que o mundo tem estado e está a mudar, mas de maneira que contradiz a narrativa avançada antes da morte de Osama bin Laden.
A Al-Qaeda não teve influência alguma na primavera árabe. Os movimentos de protesto que tiveram lugar, e ainda têm, na Tunísia, Egipto, Líbia, Síria e, em outros lugares, não têm por fim levar a sua região ou sua religião de volta no tempo, como Bin Laden defendeu. A forma como eles empurram líderes autocráticos para o lado, como eles buscam um estado político próximo da democracia, certamente não é um califado.


Os manifestantes, ligados à internet e ao mundo moderno, não se definem como estando separados. Eles vêem o fosso no desenvolvimento político, económico e social que existe com o resto do mundo e querem melhor e mais. Eles querem uma oportunidade, num quadro religioso que ainda não está totalmente definido, mas aberto ao debate, não fechado por algum dogma.


Durante a última década, a cooperação internacional e acção coordenada têm reduzido ao mínimo, se não mesmo eliminou a ameaça. Redes que se unem e apoiam o extremismo violento estão sob pressão, mas eles permanecem perigosos. Do Iémen e da Somália ao Paquistão e Magrebe, esses grupos podem tirar proveito do caos ou da desilusão criada se a transição em curso no mundo árabe não atingir resultados reais.
Se há uma lição a tirar do 11/09, é a persistência. É politicamente tentador, depois da morte de Bin Laden, declarar vitória, mas o trabalho não está feito. A construção de um sistema global imunológico para lutar contra esta doença vai demorar mais de uma década. Vai levar uma geração.

Ver: Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - por Simon Jenkins
       Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - por Jonathan Powell  
  Uma década sobre os ataques de 11 de Setembro - Orzala Ashraf Nemat 


      

Autor: Excerto de um artigo publicado no jornal: gurdian
Data: 2011-09-06


Contato: mail@artigosenoticias.com   |   SAPO MAIL   |   HOTMAIL  |   GMAIL