Códigos Postais de Portugal Índices - bolsa de lisboa - cotações - psi20 Farmácias de Serviço online
Expresso RTP Público C. Manhã D. Notícias J. Negócios D. Economico Deco TSF Exame Horoscopo Record Jornal I Emprego news Artigos


Últimos artigos
Rankings das escolas do ensino básico 2016 - Educação
Rankings das escolas secundárias 2016 - Educação
O que é a reflação? - Economia
O que é o prémio "Europeu do Ano"? - Gerais
Quem é Kristalina Georgieva? - Personalidades
Voo MH17 - Resultados do inquérito ao abate do avião - Gerais
Apontamentos sobre Rodavan Karadzic - Personalidades
Quem foi Antonio Stradivari? - Personalidades


Quem foi Vasco Fernandes? - Personalidades
Quem foi Horatio Nelson? - Personalidades
Quem foi Madame Tussaud? - Personalidades
Quem foi Christopher Wren? - Personalidades
Quem foi Napoleão Bonaparte? - Personalidades
O que foi a Batalha de Waterloo? - História
Quem foi Arthur Colley Wellesley - Duque de Wellington? - Personalidades

Serviço de finanças

Telefone e emails dos serviços de finanças

Serviço de bombeiros

Centros de saúde





Freguesias


Aveiro


Beja


Braga


Bragança


Castelo Branco


Coimbra


Évora


Faro


Guarda


Leiria


Lisboa


Portalegre


Porto


Santarém


Setúbal


Viana do Castelo


Vila Real


Viseu


Funchal


Ponta delgada


Horta


Angra do Heroísmo


Petróleo Brent

Quem foi Afonso Costa?



:. Afonso Costa foi um símbolo da I República e o seu nome sempre suscitou, e ainda suscita, ódios e paixões. .:



Autor: Luis Filipe
Data: 2011-10-08


Afonso costa nasceu em Seia, filho do advogado e conservador do Registo Predial daquela Vila. Formou-se em Direito pela Universidade de Coimbra em 1894, doutorando-se no ano seguinte. Foi docente na faculdade de Direito de Coimbra, da faculdade de ciências de Lisboa (1911 a 1913), e no Instituto Superior do Comércio (1915). Estabeleceu-se também, logo depois da formatura, como advogado, exercendo a profissão sem interrupções, quer no foro, quer como consultor jurídico. A sua atividade política começou ainda este era estudante. Colaborou com os conspiradores de Coimbra aquando da revolução de 31 de Janeiro de 1981. Foi eleito deputado pelo Porto nos anos de 1899 a 1890, concorrendo com candidato republicano às eleições legislativas de 1900, 1901, 1904, 1906 em diante. Voltou a ser eleito em 1906 por Lisboa onde permaneceu até às últimas eleições da I República.Tanto no Parlamento como fora dele, em comícios ou outras manifestações politicas, revelou-se um dos maiores oradores do tempo, impondo-se contra as instituições monárquicas conquistando enorme popularidade como adversário nº um do regime. Fez igualmente parte dos quadros do Partido Republicano Português. Conspirou contra a ditadura de João Franco, tendo sido preso e só libertado após o regicídio de 1908.  Participou igualmente nas várias conspirações que se lhe seguiram, a última das quais levou à revolução de 4-5 de outubro de 1910. Com o novo regime, foi ministro da justiça no Governo Provisório (1910-1911), devendo-se-lhes leis famosas como a expulsão das ordens religiosas, a lei da imprensa, do divórcio, do inquilinato, da família, registo civil, da separação, da proteção às crianças, e muito mais. Em Outubro de 1911, aceitou a chefia da ala esquerda do desmembrado Partido Republicano, passando a chamar-se Partido Democrático. De Janeiro de 1913 a Fevereiro de 1914 chefiou, pela primeira vez, o Governo, sendo igualmente responsável pela pasta das finanças. Promulgou a nova lei da contribuição predial introduzindo o imposto progressivo, remodelou o sistema monetário, extinguiu o défice orçamental e criou o Ministério da Instrução Pública. Mais tarde, foi opositor acérrimo do governo ditatorial de Pimenta de Castro, cooperando ativamente na conspiração que levou à revolta de 14 de Maio de 1915 e ao seu derrube. Em Outubro de 1915 preparou a entrada de Portugal na I Guerra Mundial (Março de 1916). Renunciou à Presidência, ficando apenas com a pasta das finanças no Governo da “União Sagrada”, presidido por António José de Almeida. Voltou a chefiar o Governo, pela 3 vez, em abril de 1917, num momento conturbado, que levou à revolução vitoriosa de Sidónio Pais em dezembro desse ano. Afonso Costa foi então preso durante três meses sem culpa formada. Quando foi colocado em liberdade exilou-se em França (abril de 1918), tendo fixado residência em Paris. Expatriado, desempenhou funções diplomáticas de relevância, como presidente da delegação Portuguesa à Conferência de Paz (1919-1920), como representante de Portugal na Sociedade das Nações Unidas (1920, 1925 a 1926) e em numerosas conferências internacionais. Em 1927, passou à oposição, dirigindo ou colaborando até 1937 em numerosas tentativas para derrubar a Ditadura e o Estado Novo. Fez igualmente parte da Maçonaria, vindo a morrer em 1937 no exílio em Paris.      

Fonte: Visão - Figuras Portuguesas do século XX   



Artigos Relacionados

Quem é Kristalina Georgieva?


Apontamentos sobre Rodavan Karadzic


Quem foi Antonio Stradivari?


Quem foi Vasco Fernandes?


Quem foi Horatio Nelson?


Quem foi Madame Tussaud?


Quem foi Christopher Wren?


Quem foi Napoleão Bonaparte?


Quem foi Arthur Colley Wellesley - Duque de Wellington?


Quem foi William de Conqueror?


Quem foi Humberto delgado?


Os filmes de Manoel de Oliveira


Quem foi Michael Biberstein?


Quem é Oskar Lafontaine?


Quem foi James Tobin?


Quem é Ben Bernanke?


Anne Frank - algumas curiosidades


Quem foi Bigas Luna?


Quem foi Margaret Thatcher a Dama de Ferro?


Quem foi Larry Hangman?


Quem foi Vasco Santana?


Quem foi Benito Mussolini?


Quem foi Azeredo Perdigão?


Quem foi Carlos Paredes?


Whitney Houston - Discografia


Quem foi Wangari Maathai?




Artigos - Categorias
» Astrologia » Astronomia » Ciência » Ecologia
» Economia » Educação » Feiras e Festivais » Física
» Gastronomia tradicional » Geografia » Geologia » Gerais
» História » Lendas popularas » Lengalengas » Literatura
» Mezinhas e Curas » Opinião » Orações » Países
» Palavras e Expressões » Personalidades » Politica » Provérbios
» Psicologia » Religião » Saúde » Sensacionalistas
» Sociedade » Tecnologia



Contato: mail@artigosenoticias.com   |   SAPO MAIL   |   HOTMAIL  |   GMAIL